Vice-presidente da Caixa renuncia após denúncias de assédio

02/07/2022 11:55:00

O vice-presidente de Negócios de Atacado da Caixa Econômica Federal, Celso Leonardo Barbosa, deixou o cargo nesta sexta-feira (1º). O banco emitiu nota em que comunica que acatou a carta de renúncia de Celso Leonardo Barbosa. Ele é investigado pelo Ministério Público do Trabalho por, supostamente, também estar envolvido em episódios de assédio.

A possibilidade de Barbosa ser afastado tinha começado a circular após ele também ser citado por funcionárias do banco em acusações de assédio. Um procedimento de investigação foi aberto pelo MPT (Ministério Público do Trabalho) na quarta-feira (29). Segundo o documento do MPT, Barbosa é suspeito de ser alguém que "causaria temor" às mulheres que trabalham na instituição.

No documento, o MPT também notifica a Caixa da obrigação de informar a relação de denúncias de assédio sexual enviadas ao canal interno do banco desde 2019, indicando o desfecho de cada uma delas. 

Barbosa era o braço direito do ex-presidente da Caixa Pedro Guimarães, demitido após a divulgação de uma série de denúncias de assédio sexual e moral. As suspeitas foram reveladas pelo portal Metrópoles.

De acordo com as denúncias reveladas pelo portal, Pedro Guimarães teria assediado funcionárias do banco em eventos e viagens de trabalho, especialmente em ações do Caixa Mais Brasil, programa criado pelo executivo para dar visibilidade à Caixa em todo o país. Há denúncias de aproximação física e toques indesejados.

R7

Deixe seu comentário

0 Comentário(s)



Newsletter

Cadastre-se para receber as novidades direto no seu whatsapp.